Ex-seleção, Edilson é preso em DF por não pagar R$ 430 mil em pensão - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Ex-seleção, Edilson é preso em DF por não pagar R$ 430 mil em pensão

Ex-jogador Edilson é preso por dever R$ 430 mil em pensão (Foto: Divulgação)

Ex-jogador do Corinthians, o atacante Edilson foi preso em Brasília por falta de pagamento de pensão alimentícia. O valor acumulado atingiu os R$ 430 mil. A detenção foi feita pela Delegacia de Capturas e Polícia Interestadual (DCPI) e o atacante foi conduzido para o Departamento de Polícia Especializada.

Edilson foi detido na chegada a Brasília, ainda no Aeroporto JK. Para casos de falta de pagamento de pensão alimentícia, não há fiança estipulada. Em contato com a reportagem, o DPE afirmou que o jogador tem o prazo de até 90 dias para quitar a dívida. A liberação do preso pode acontecer mediante ao pagamento à vista ou um acordo de parcelamento.

Esse não é o primeiro problema de Edilson com a Justiça. No início de fevereiro, a Justiça Federal acatou denúncia do Ministério Público Federal contra o atacante. A acusação é de que ele fazia parte de uma organização criminosa que aplicaria golpes em agências da Caixa Econômica Federal para se apoderar ilegalmente de prêmios de loteria pagos pelo banco estatal. A posição do advogado do atacante sobre o caso, desde setembro de 2015, é de que Edilson é inocente.

A reportagem tentou localizar o advogado do jogador, mas não havia conseguido até a publicação desta reportagem.

Edilson fez parte do grupo da seleção brasileira pentacampeão mundial, em 2002. Por clubes, o atacante teve grande sucesso no Corinthians, onde conquistou dois Campeonatos Brasileiros (1998 e 1999) e o Mundial de Clubes da Fifa (2000). Antes disso, ele havia sido campeão brasileiro com o Palmeiras, em 1993.

Durante a carreira, Edilson ainda acumulou passagens por Bahia, Cruzeiro, Flamengo e Vitória.

No início deste ano, Edilson, aos 44 anos, assinou com o Taboão da Serra, clube de São Paulo, e disputou a quarta divisão do Campeonato Paulista.

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Post Top Ad