EXCLUSIVO: Ex-prefeito Hellosman nega desejo de retornar ao MDB: />
Noticias de Ultima Hora Som da Terra

Seleção enfrenta zebra hondurenha por vaga em decisão do ouro

A partida decisiva acontece nesta quarta-feira (17), às 13h, no Maracanã (Foto: Divulgação)

Após um começo nada animador na Rio-2016, a seleção olímpica do Brasil se impôs nos últimos dois jogos e venceu de forma categórica. Agora, precisa confirmar o enorme favoritismo sobre a inexperiente seleção de Honduras para disputar a medalha de ouro. A partida decisiva acontece nesta quarta-feira (17), às 13h, no Maracanã.

Após golear a Dinamarca por 4 a 0, o Brasil enfrentou a Colômbia nas quartas de final em um jogo bastante duro e disputado. Porém, a equipe soube dominar o rival sul-americano e venceu por 2 a 0 com direito a gol do astro Neymar, que até então não havia balançado as redes e vinha sendo alvo de críticas.

Já garantido na briga por medalhas, o Brasil precisa manter o embalo para chegar à final olímpica. A pressão sobre o time verde e amarelo aumenta, uma vez que a superioridade técnica sobre Honduras é inquestionável. Mas, mesmo assim, o técnico Rogério Micale pede paciência à torcida.

"Honduras é uma equipe extremamente rápida no contra-ataque, com boa força física, trabalha com duas linhas juntas, uma de cinco e outra de quatro, e um homem de referência à frente", declarou o treinador brasileiro na segunda (15), em entrevista coletiva. "Será um jogo de muita paciência, pela forma que eles atuam. Desde já eu peço o apoio do torcedor que, acredito, vai lotar o Maracanã", acrescentou o técnico.

Micale preferiu não adiantar a escalação do time que começa a partida no Maracanã. Porém, a tendência é que não haja alterações em relação à equipe que iniciou o jogo contra a Colômbia.

"Minha formação está definida, mas vamos falar no momento do jogo. Não vai mudar muita coisa em relação ao que estamos fazendo", afirmou Micale. A maior preocupação do Brasil é com Neymar. Alvo de faltas constantes em todos os jogos, o craque do Barcelona levou cartão amarelo ao revidar uma pancada no duelo com a Colômbia.

O Brasil deverá entrar em campo no Maracanã com Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Renato Augusto e Walace; Gabriel, Luan e Gabriel Jesus; Neymar.

Fonte:folhapress

Postar um comentário

0 Comentários