Homem que comandava esquema de apropriação ilegal de imóveis é preso pela Polícia Civil no Cariri - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Homem que comandava esquema de apropriação ilegal de imóveis é preso pela Polícia Civil no Cariri

Foto : Ilustração internet 



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, desmontou um esquema criminoso de falsificação de documentos para a apropriação ilegal de terras situadas na Região do Cariri. O homem que era o responsável pelo crime foi preso e com ele os policiais apreenderam diversas escrituras e equipamentos utilizados na trama fraudulenta. A ofensiva foi realizada, na tarde desta segunda-feira (09), em cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão. 

Os trabalhos de investigação desenvolvidos por equipes da Delegacia Regional de Juazeiro sobre a apropriação ilegal de terras levaram os agentes de segurança a Francisco Marcelino Santana Filho (54), que se apresentava como “Doutor Marcelo”. “Ele se passava por advogado e até corretor de imóveis para aplicar os golpes”, explica a delegada Cícera Araújo, que está à frente dos trabalhos de apuração sobre o caso. Os levantamentos policiais indicam que Francisco Marcelino descobria casas e terrenos que não possuíam escritura própria e tratava de confeccionar documentos falsos, inclusive com aspecto de antiguidade, para convencer os proprietários dos imóveis de que aquele bem seria dele. Depois de tomá-lo, o criminoso, então, o vendia para pessoas que desconheciam a trama criminosa e também para comparsas, que sabiam do golpe.

Para cometer a fraude, a Polícia descobriu que o suspeito mantinha um escritório de contabilidade e um advogado para dar andamento aos processos de posse das propriedades, inclusive recorrendo a ações judiciais na legitimação dos bens. Ainda de acordo com a delegada Cícera, os alvos de Francisco Marcelino eram imóveis situados em Juazeiro do Norte e em Barbalha. O homem foi capturado em cumprimento a mandado de prisão por estelionato, falsificação de documento público e exercício ilegal da profissão, entre outros delitos. Os agentes de segurança também cumpriram mandado de busca e apreensão na casa e no escritório dele, onde foram encontrados centenas de papeis como contratos e recibos e equipamentos como uma máquina de datilografia, que a Polícia acredita ser usada para demonstrar um aspecto de antiguidade nos documentos produzidos. 

O suspeito, que já responde a crimes contra a Justiça Federal e contra a Justiça Estadual do Rio Grande do Norte, também possui antecedentes criminais por estelionato no Ceará, foi encaminhado para a Delegacia de Juazeiro. A Polícia segue com os trabalhos de investigação sobre o caso.


Fonte: SSPDS






Nenhum comentário:

Post Top Ad