Breaking News
recent

Bloco de oposição é formalizado na Assembleia Legislativa

Bloco partidário com deputados integrantes do PMDB, PSD e PMB, que fará  oposição ao governo de Camilo (Foto: Reprodução)

Foi formalizado nesta terça-feira, 7, na Assembleia Legislativa do Ceará, o bloco partidário com deputados integrantes do PMDB, PSD e PMB, que fará  oposição ao governo de Camilo Santana (PT). O bloco conta com 11 deputados estaduais. Um documento formalizando a iniciativa foi entregue ao presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT).
Conforme o texto de justificativa, o bloco foi deliberado pelas executivas regionais das três siglas partidárias,  na forma de seus estatutos, e subscrito pelos seus presidentes: Eunício Oliveira (PMDB), Domingos Neto (PSD) e Patrícia Aguiar (PMB).
O líder e vice-líder do bloco não foram definidos. O PMB e o PSD formavam um bloco na Casa, mas integravam a base do governador. O lançamento do deputado Sérgio Aguiar apoiado pelo grupo de Domingos Filho, causou o rompimento deste com o atual governador e com os irmãos Ferreira Gomes. O deputado Zezinho  Albuquerque era o candidato de situação.
Desde então, os dois grupos vem disputando rounds de uma luta partidária de olho em 2018. Na primeira batalha o Governador e os irmãos Ferreira Gomes venceram com a aprovação da extinção do TCM pela Assembleia, no apagar das luzes de 2016.
Já neste ano, o conselheiro Domingos Filho, eleito para presidir aquela corte de contas, foi ao STF e conseguiu uma liminar que suspendeu a extinção do órgão. Os deputados prometem apresentar novo projeto na Assembleia, mas o deputado federal Moses Rodrigues, com  apoio do presidente do Senado, Eunício Oliveira, apresentou um projeto na Câmara dos Deputados proibindo a extinção de cortes de contas no Brasil.

Com informações do Ceará Agora
SOM DA TERRA FM

SOM DA TERRA FM

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.