Header Ads Widget

7

Cariri inicia 3ª fase com meta para vacinar 27 mil pessoas

 

Foto Prefeitura de Porteira


Apenas três municípios do Cariri, em um total de 15 em todo o Ceará, estão autorizados a avançar para a terceira fase de imunização contra a covid-19. Outros estimam começar até a próxima semana. A nova etapa permite a vacinação de pessoas que se enquadram em outro grupo prioritário: gestantes, puérperas (mulher que deu à luz há pouco tempo), pessoas com deficiência e com comorbidades. O Plano Estadual de Imunização prevê que as 29 cidades caririenses alcancem uma meta de 27.019 pessoas no novo ciclo. Até agora, 20.325 doses foram enviadas para primeira aplicação na região. Porteiras deve imunizar 287 pessoas neste novo grupo prioritário e recebeu 215 doses. Com meta de vacinar 145 pessoas, Tarrafas recebeu 110 doses no primeiro lote. Terceira cidade autorizada no Cariri, Várzea Alegre tem como meta 616 pessoas e possui 465 doses. Este será o maior grupo em comparação com as duas fases anteriores. O plano de operacionalização prevê a imunização de 627.572 pessoas entre 18 e 59 anos, com comorbidades, e outras 406.137 com alguma deficiência permanente.

A região avança na imunização em um cenário de descontrole da covid-19. Até o fechamento desta edição, na noite de segunda-feira (10), 92 pessoas aguardavam por leitos na macrorregião de Saúde do Cariri: 40 por enfermarias e 52 por Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Em demanda por leitos, o Cariri fica atrás apenas de Fortaleza. A taxa de ocupação registra 87% dos leitos de UTI com pacientes, dos quais 97% das UTI adulto estão ocupadas, além de 75% das enfermarias com pessoas em tratamento. Maior município da região, Juazeiro do Norte  soma 421 novos casos entre a sexta-feira (7) e a segunda-feira (10), em um total de 24.171 casos desde o início da pandemia. “Em Juazeiro, deveremos atingir 90% até a próxima semana. Assim que chegarmos aos 90% de vacinação dos idosos de 60 a 64 anos, aí, sim, iremos iniciar a vacinação das comorbidades”, garante a secretária municipal de Saúde Francimones Rolim.

 

A Secretaria de Saúde do Ceará não informou quais municípios avançam para a terceira fase. Crato, Juazeiro do Norte e Brejo Santo comunicaram que devem iniciar a imunização ao longo desta e da próxima semana. De acordo com Magda Almeida, secretária Executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria de Saúde do Ceará, os 15 municípios cearenses podem avançar para a terceira fase porque concluíram 90% da meta dos idosos. “Com isso, eles conseguem, agora, começar as comorbidades, que são as doenças crônicas, as gestantes e puérperas, as pessoas com síndrome de Down, as pessoas com deficiência permanente e os pacientes com insuficiência renal dialítica”, explica. A secretária ressalta que não são todas as pessoas com doenças crônicas a serem contempladas na terceira etapa. 

“Por isso, é importante a declaração, o atestado ou relatório médico para indicação da vacinação”, esclarece. A terceira fase será feita em etapas com base em grupos a serem convocados. A imunização do perfil de público-alvo atual será menor do que nas fases anteriores. “É um número menor de pessoas, menor do que o grupo de idosos. Então, a gente prevê que em até duas semanas, com o empenho que todos os municípios estão tendo, consigamos concluir a vacinação desses grupos”, explica Magda Almeida.

A terceira fase de vacinação em Porteiras, com quase 15 mil habitantes, começou na quinta-feira (6). A secretária de Saúde, Maria Lêda Clementito, diz que a gestão prevê aplicar cerca de 40 doses diariamente com a AstraZeneca. Conforme a secretária, o Município recebeu, inicialmente, 215 doses para começar a terceira fase de imunização. Ela orienta os porteirenses que se enquadrem como público-alvo do terceiro ciclo a “realizar o cadastro na plataforma Saúde Digital e providenciar o atestado ou laudo médico que comprove a  comorbidade. E para maiores informações, entrar em contato com a Equipe de Saúde da Família”, recomenda a secretária. 

O secretário de Saúde de Várzea Alegre, Ivo Leal, prega cautela quanto ao início da terceira fase. Ele diz que o Município continuará seguindo as orientações do governo estadual. “Estamos esperando a resolução e os documentos oficiais, orientadores de como será essa terceira fase”, conta. A precaução é tomada principalmente depois de atrasos no envio de doses da CoronaVac, que resultou na ausência de estoque para aplicação da segunda dose.  

De acordo com o secretário, Várzea Alegre precisa de 4.567 doses para concluir a aplicação da segunda dose em idosos acima de 60 anos, das quais 2.100 doses foram enviadas na semana passada. “A prioridade, nesse momento, é garantir a segunda dose dos idosos. Nós vacinamos quase 100% da população de sessenta anos e mais com a primeira dose e, agora, estamos fazendo a segunda dose. Então, quando a gente atingir 90% ou mais da segunda dose, a gente fica mais tranquilo para iniciar a fase seguinte”, enfatiza Ivo Leal.

Em Crato, a vacinação começará ao longo desta semana, de acordo com a secretária municipal de Saúde, Marina Feitosa, seguindo as recomendações do plano de operacionalização estadual. “A gente pede que as pessoas se organizem nessas documentações. No ato da vacinação, se faz necessário que a pessoa leve uma cópia do seu atestado, para que fique na Secretaria, para fins de auditoria”, detalha a secretária cratense.


ROBSON ROQUE/ Jornal do Cariri


Postar um comentário

0 Comentários