Header Ads Widget

7

Trotes prejudicam trabalho do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência do Ceará

Nas últimas festas de Natal e Réveillon, foram registrados 680 trotes telefônicos (Foto: Fabiane de Paula/Diário do Nordeste)
O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência do Ceará (SAMU 192 Ceará), começou desde a última sexta-feira a sua operação de Carnaval para esse ano. Porém, o atendimento é prejudicado pelo número significativo de trotes que o serviço recebe, principalmente nos feriados, como o Carnaval.

Nas últimas festas de Natal e Réveillon, foram registrados 680 trotes telefônicos para o serviço, um número trinta vezes maior se comparado ao mesmo período em 2014, que registrou vinte e duas ligações. Para o diretor do Samu, Coronel João Vasconcelos, a situação é preocupante. "O trote é 18% das ligações que recebemos. São cerca de 160 ligações de trotes diariamente, o que prejudica muito o atendimento para quem realmente precisa e, além dos custos de cada operação", ressalta o coronel.

Ainda de acordo com o diretor do Samu, a equipe é treinada para esse tipo de caso e é realizado um trabalho de avaliação com perguntas especificas, para regular as ligações que são recebidas. "Nossa equipe é treinada para filtrar os trotes, mas mesmo assim ainda existem as vezes que não é possível identificar. Na dúvida entre o que é verdade ou não, preferimos não arriscar e seguimos para o atendimento. Por isso esse tipo de ligações prejudica nosso trabalho", alerta.

Equipe

No período de Carnaval, que se encerra na Quarta-feira de Cinzas, o Samu disponibiliza transporte médico aéreo e mais 98 ambulâncias, que darão suporte às chamadas de urgência e emergência, com objetivo de atender aos 128 municípios que possuem cobertura do serviço no Ceará.

Em 2015 foram registrados 202.421 ligações para o Samu, sendo que 181.152 dos atendimentos para a base regional do Eusébio e 21. 269 na base de Juazeiro do Norte. Do total de acionamentos, 47.970 eram atendimentos com regulação médica e 35.877 eram trotes.

Serão deslocadas 79 Unidades de Suporte Básico e 19 Unidades de Suporte Avançado (UTIs móveis) e serão mobilizados 420 profissionais para o atendimento durante os dias de feriado. Estão de plantão no Samu durante o Carnaval 52 médicos, 52 enfermeiros, 158 técnicos de enfermagem e 158 motoristas socorristas.

O atendimento feito pelo Samu é realizados todos os dias da semana e a qualquer hora, até mesmo na madrugada, prestando socorro em qualquer lugar, como residências, locais de trabalho e vias públicas, bastando ligar para o número 192. O serviço realiza atendimentos de diversas naturezas, como vítimas de acidentes de trânsito, ferimentos feitos através de armas de fogo e armas brancas, quedas, choque elétrico, afogamento e também intoxicação.

Ainda são atendidos casos de infarto agudo e miocárdio, além de Acidente Vascular Cerebral (AVC), crises convulsivas, atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética. O Samu também pode ser acionado para casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e urgências psiquiátricas.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários