Sob holofotes, Neymar encara peso de ser herói contra a Sérvia - Som da Terra FM - sdt

últimas

Pedir Música

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Sob holofotes, Neymar encara peso de ser herói contra a Sérvia

© REUTERS / Carlos Garcia Rawlins 



Ele tem apenas um dos três gols marcados na Copa do Mundo. Mesmo sem ser destaque na seleção brasileira, que enfrenta a Sérvia, nesta quarta-feira (17), às 15h, Neymar continua sendo o protagonista do time e está sob todos os holofotes. No jogo de hoje, o camisa 10 precisa mostrar mais da existente capacidade técnica e lidar com o peso de ser o ídolo no último duelo da primeira fase do Mundial.

A pressão vem de todos os lados. Nenhum brasileiro quer que ele se torne um coadjuvante. Sem falar das coações externas, há a cobrança interna do jogador, que quer mostrar suas facetas dentro das quatro linhas. O desempenho na partida contra a Costa Rica, derrotada por 2 a 0 pelo time canarinho, não foi satisfatório. Dos 24 "mano a mano", Neymar venceu apenas oito. Quando o assunto é domínios, que o deixariam na frente do goleiro Keylor Navas, o número intimida: pelo menos dois erros.
As falhas dele ganham mais força quando comparadas aos acertos de Phillippe Coutinho, que balançou a rede duas vezes e foi eleito o melhor em campo nos dois últimos jogos do Brasil. Mas a luz no fim do túnel para Neymar é sempre possível. A tática do atacante do Paris Saint-Germain (PSG) é inquestionável. De acordo com o UOL, é o que mais chuta a gol e até parece ser onipresente: se apresente quase o tempo todo nas partidas.
Apesar do incontestável bom futebol, as atenções são divididas com outros dois craques, Messi e Cristiano Ronaldo, candidatos fortíssimos a Bola de Ouro. A expectativa da melhora na performance de Neymar é esperada pelo técnico Tite. “Talvez com mais um jogo ele esteja em sua plenitude de condições físicas e técnicas. Mas não dando a ele responsabilidade excessiva em cima de sucesso ou insucesso. O técnico não vai fazer assim, não vai colocar que ele deva resolver”, destacou Tite.
Culpa da lesão?
Fisicamente falando, é notório que Neymar não está 100%. O motivo? Foi operado, recentemente, após fraturar o quinto metatarso do pé direito. Por isso, nem era esperado que ele jogasse os 90 minutos dos jogos. Mas a presença do camisa 10 se tornou obrigatória depois dos obstáculos encontrados durante os confrontos contra a Suíça e os costarriquenhos. O comparecimento do craque em campo é mais um pretexto para aumentar a incumbência de ser "o cara".
“Quem vem de uma lesão como a do Neymar sente o peso. E ele está chamando a responsabilidade. A gente tenta responder dentro de campo, atuando da melhor maneira possível, mas é complicado. É duro ter calma”, disse Thiago Silva, que cobrou mais paciência do amigo após se desentender com o árbitro que apitou no jogo contra a Costa Rica. A avidez do craque, que está pendurado por levar cartões amarelos, pode se transformar em pesadelo. É que ele pode perder um jogo no mata-mata na próxima fase.
POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Post Top Ad