Após decepção na estreia, Brasil pode ter mudanças entre titulares - Som da Terra FM - sdt

últimas

Pedir Música

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Após decepção na estreia, Brasil pode ter mudanças entre titulares

FIRMINO pode aparecer no time titular de Tite NELSON ALMEIDA/AFP


Copa do Mundo não dá tempo para pragmatismos. O torneio é de tiro curto e decisões devem ser tomadas com rapidez. Quando algo não funciona, as alternativas precisam ser imediatas. Assim sendo, após o mau desempenho no empate por 1 a 1 contra a Suíça, o Brasil pode testar mudanças para enfrentar a Costa Rica, na sexta-feira, 22, às 9 horas (de Brasília).

As alterações, se acontecerem, devem ser pontuais, mas mudam a forma de jogar da seleção. O mais cotado para ganhar vaga entre os titulares é Roberto Firmino — elogiado por Tite pela atuação contra a Suíça. Ele vem de uma boa temporada no Liverpool e já pede passagem.

Apesar de ter entrado somente aos 34 minutos do segundo tempo, o camisa 20 fez duas finalizações, entre elas uma cabeçada em que quase marcou — o goleiro Sommer fez boa defesa — enquanto Gabriel Jesus, apagado no jogo, não fez nenhuma. Firmino tem como característica sair mais da área e dar opções de jogo, enquanto Jesus fica mais entre os zagueiros. Contra adversários retrancados, “Bobby” é uma boa alternativa.

Outra possível troca é a entrada de Renato Augusto no lugar de Paulinho. Homem de confiança de Tite, Renato também foi elogiado pelo treinador e, já totalmente recuperado de dores que atrapalharam sua preparação para o Mundial, é opção que possibilita maior articulação nas jogadas pelo meio.

“Em algum momento que o Tite precisar, vou dar o meu melhor. É sempre assim, a disputa vai estar sempre aberta. O Mundial é rápido e às vezes você entra bem no jogo e tem que ficar no time. Independentemente de quem for jogar, temos que ficar preparados”, disse o meia.

Mais que trocas de peças, o Brasil deve ter uma nova postura. Contra a Suíça, não só o resultado foi frustrante como a performance esteve abaixo do esperado. É preciso rever aspectos técnicos e táticos, mas também psicológicos e físicos, para que a equipe não demonstre a ansiedade e falta de intensidade vista na estreia. A reação precisa começar agora.

Com informações do Jornal  O POVO


Nenhum comentário:

Post Top Ad