Vasco vence o Volta Redonda, mas é eliminado da Taça Guanabara - Som da Terra FM - sdt

últimas

http://stream.sejahost.com.br/player-html5/ODc4NCtZ?skin=sem_rtmp&autoplay=true&cor=126999

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Vasco vence o Volta Redonda, mas é eliminado da Taça Guanabara

©  Paulo Fernandes/Vasco.com.br



O Vasco está eliminado da Taça Guanabara. Apesar de fazer a sua parte e vencer bem o Volta Redonda por 3 a 1, neste domingo (4), em São Januário, o time cruzmaltino viu a combinação de resultados do grupo B -Bangu vencendo a Cabofriense- deixá-lo fora da fase final do torneio.

Thiago Galhardo, logo aos 18 segundos de jogo, Bruno Costa (contra) e Bruno Cosendey, com um golaço, marcaram para os vascaínos; Marcelo descontou para os visitantes.
Com a vitória -a segunda em cinco partidas-, o Vasco chegou a sete pontos e terminou a primeira fase com um ponto de desvantagem em relação ao Bangu. O líder do Grupo B, com 13.
Não demorou para que o Vasco mostrasse sua superioridade em campo. Após uma falha da defesa do Volta Redonda na saída de bola, Thiago Galhardo tocou por cima do goleiro para fazer 1 a 0 logo aos 18 segundos.
O ritmo intenso do Vasco se manteve. Aos 15min, Bruno Costa cortou errado e fez contra: 2 a 0. O início fulminante encaminhou uma vitória tranquila.
Comandados por Rildo e Thiago Galhardo, os donos da casa ainda tiveram outras chances e poderiam ter ampliado antes do intervalo. Enquanto o Vasco finalizou cinco vezes na direção do gol, o Volta Redonda não acertou a meta de Martín Silva nenhuma vez.
O terceiro gol vascaíno só saiu aos 27min do segundo tempo. Bruno Cosendey, que havia acabado de entrar em lugar de Bruno Paulista, arriscou chute da intermediária e acertou o ângulo esquerdo. Um minuto depois, o Volta Redonda marcou o seu gol, com Marcelo, decretando o placar final.
Com o ataque afiado, quem não aproveitou a oportunidade foi Riascos. O atacante colombiano ainda deve uma boa atuação desde que regressou a São Januário. Apesar de participar do segundo gol, contra de Bruno Costa, o jogador foi pouco efetivo. Longe do melhor ritmo e da forma física ideal, el se enrolou com a bola, "matou" algumas jogadas de velocidade e deixou o campo para a entrada de Paulo Victor. Com informações da Folhapress.

Nenhum comentário:

Post Top Ad