Mais de 700 armas e quase 400 kg de drogas foram apreendidos no Cariri em 2017 - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Mais de 700 armas e quase 400 kg de drogas foram apreendidos no Cariri em 2017

Foto Reprodução 


A Região do Cariri se destacou no cenário da segurança pública durante o ano de 2017 em relação ao combate intensivo ao porte ilegal de arma de fogo e ao tráfico de drogas, segundo dados estatísticos divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) nesse fim de semana.

De acordo com a pasta, foram retiradas de circulação mais de 700 armas de fogo em toda a Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) durante o ano passado. Um montante que representa 18% das 3.779 apreensões de armas de fogo contabilizadas no interior do Estado.

A AIS 19, que abrange 25 municípios caririenses, contribuiu com 9,5% das apreensões de armas de fogo em todo o Ceará (7.436), liderando as apreensões de armas de fogo no Estado. De janeiro a dezembro foram apreendidas 709 armas de fogo, sendo que os meses que registraram maior índice de apreensão foram março (96), novembro (79) e fevereiro (77). Os principais tipos de armamento apreendido foram revólveres, pistolas e espingardas.

Ainda segundo as estatísticas da SSPDS, foram apreendidos 391,6 kg de entorpecentes na Região do Cariri durante o ano passado. A maior quantidade de drogas apreendidas foi de maconha, totalizando 362,9 kg. As apreensões de cocaína e crack totalizaram 20 kg e 8,6 kg, respectivamente.

De acordo com o Comandante do 2º BPM, Major Luciano Rodrigues, a contribuição da Polícia Militar para os índices positivos da segurança pública é bastante expressiva de modo que a dinamização do serviço é fundamental para promover uma cultura de paz na Região do Cariri. “A segurança pública da nossa região deve se fortalecer ainda mais em 2018 a partir de parcerias com os demais órgãos que atuam na área. O momento agora é de avaliação das ações e planejamento de diretrizes operacionais para a atividade policial em 2018”, enfatiza o Oficial.


Com informações da Seção de Relações Públicas do 2º BPM





Nenhum comentário:

Post Top Ad