Brasil marca três gols no 1º tempo e vence Japão na França - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Brasil marca três gols no 1º tempo e vence Japão na França

© REUTERS/Yves Herman


Brasil está em campo contra o Japão em Lille, na França, em partida amistosa que já serve de preparação para a Copa de 2018, e Neymar já abriu o placar de pênalti, logo aos 9' do primeiro tempo. Após Fernandinho ser derrubado na área, o atacante brasileiro colocou a bola nas redes de Kawashima. O juiz francês Nicolas Rainville precisou do auxílio do vídeo árbitro para validar a marcação da penalidade.

Antes do gol, logo aos três, o atacante do PSG já havia dado uma assistência para Giuliano, que bateu em cima da zaga.
Logo em seguida, outro pênalti. Gabriel Jesus sofreu falta de Yamaguchi dentro da área. Com cobrança fraca, no canto esquerdo, Kawashima espalmou pra fora. Mas logo depois, na cobrança do escanteio, Marcelo pegou a sobra e marcou um golaço para a seleção: 2 a 0 aos 17'.
A bola rolou de novo e Neymar chegou com perigo mais uma vez, mas aos 28' foi a vez do Japão assustar a seleção. De falta, Yoshida acertou o travessão de Alisson. Mas a pressão durou pouco. Após chute de Danilo, Gabriel de Jesus empurra para marcar o terceiro gol do Brasil. 
SEGUNDO TEMPO
Brasil já entrou em campo com mudanças. O goleiro Cássio substituiu Alisson para estrear pela seleção. Após dez minutos sem muitos lances de perigo, o juiz usou o Vídeo Árbitro para rever um lance de Neymar com Ideguchi. O japonês levou o amarelo pela falta e o brasileiro também recebeu cartão por acertar um tapa no adversário durante o lance.
Aos 13', mais substituições: Gabriel Jesus deu lugar a Diego Souza e Marcelo a Alex Sandro. Com time modificado, o Japão aproveitou a falta de entrosamento para marcar aos 17': gol de Makino. 
Após o gol, Tite decidiu fazer mais mudanças: sai Neymar, entra Douglas Costa. William, primeira vez como capitão, dá lugar a Taison. O Japão também mexeu: Saiu Haraguchi para entrada de Inui, e Hasebe saiu para entrada de Morioka.
Com o resultado praticamente consolidado, o fim do segundo tempo foi morno, com poucas chances. Vahid Halilhodzic e Tite fizeram mais mudanças no fim. Sugimoto e Renato Augusto entraram nos lugares de Osako e Giuliano, respectivamente. Logfo em seguida, Endo entrou para saída de Ideguchi.
Aos 45', Alex Sandro teve a chance de ampliar para o Brasil, mas não soube aproveitar o passe magistral de Danilo. Fim de jogo: 3 x 1 para o Brasil, diante de 16,9 mil pessoas.
POR NOTÍCIAS AO MINUTO


Nenhum comentário:

Post Top Ad