PMDB acaba ficando com apenas um deputado estadual. Seis foram eleitos em 2014 - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 5 de setembro de 2017

PMDB acaba ficando com apenas um deputado estadual. Seis foram eleitos em 2014

Deputado Daniel Oliveira está sozinho hoje na bancada do PMDB, embora ainda não tenha se concretizado a saída de Leonardo, nem a expulsão de Agenor, Silvana e Audic Foto: Bruno Gomes


O deputado estadual Daniel Oliveira vai acabar ficando sozinho na Assembleia Legislativa cearense, representando o PMDB. O partido elegeu em 2014 seis deputados estaduais e três federais, na sombra da campanha do senador Eunício Oliveira, presidente estadual do partido e candidato a governador do Ceará naquele pleito.
Foram eleitos para a Assembleia em 2014, pela ordem de votação,os peemedebistas Agenor Neto, Daniel Oliveira, Silvana Oliveira, Carlomano Marques, Walter Cavalcante e Audic Mota. Walter Cavalcante foi o primeiro a deixar a agremiação. Ele não externou publicamente as razões da saída, mas, pouco antes de decidir que sairia perdeu o comando do diretório municipal do partido em Fortaleza.
Depois, renunciou ao mandato  para assumir a Prefeitura do Município de Pacatuba, Carlomano Marques, entrando no seu lugar o deputado Leonardo Araújo.
Na eleição da Mesa Diretora da Assembleia, em dezembro passado, os deputados Agenor Neto e Audic Mota decidiram apoiar o candidato do Governo à presidência do Legislativo estadual e, pouco tempo depois, foi a vez da deputada Silvana Oliveira apoiar, com os dois outros, a extinção do Tribunal de Contas dos Município, desatendendo orientação da agremiação.  Agenor, Audic e Silvana foram ameaçadas de expulsão por infidelidade. Na última semana o processo de expulsão foi tornado nulo, depois de ter causado um grande trauma.
Finalmente, o deputado Leonardo Araújo, por uma decisão do Supremo Tribunal Federal perdeu o mandato. É que a decisão judicial reconhece como válida uma candidatura (do Rochinha) que havia sido indeferida pelo TRE e os seus votos, sendo contados, faz o PMDB perder um vaga para a coligação que apoiou a candidatura de Camilo Santana.
Assim, Daniel Oliveira vai ser o líder dele próprio na Assembleia pois aqueles deputados ameaçados de expulsão já atendem orientação da liderança do Governo Camilo Santana, e ao menos por enquanto o PMDB ainda não é Governo no Ceará.
Quanto à bancada federal: o partido elegeu três deputados: Danilo Forte, Aníbal Gomes e Vitor Valim. Danilo saiu da agremiação há algum tempo.  Aníbal e Vitor Valim não escondem suas insatisfações com a agremiação.

Com informações do Blog do Edison Silva / Diário do Nordeste


Nenhum comentário:

Post Top Ad