"Fui estuprada todos os dias durante seis meses", conta jovem sequestrada pelo EI em entrevista à BBC - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 25 de julho de 2017

"Fui estuprada todos os dias durante seis meses", conta jovem sequestrada pelo EI em entrevista à BBC

(Foto: Reprodução YouTube)


Aos 14 anos, a vida da jovem iraniana Ekhlas mudou completamente. Em agosto de 2014, a aldeia em que vivia com a sua família, da minoria yazidi, foi atacada por militantes do grupo Estado Islâmico (EI). "Minha vida era bonita, mas duas horas a mudaram completamente", relembra a jovem em entrevista à BBC.

Ela e a família tentaram escapar pelas montanhas próximas ao vilarejo, mas foram capturadas pelo EI. Os homens foram mortos e mulheres e crianças levadas para um cativeiro. "Mataram meu pai diante dos meus olhos", relata.

Quando capturada, Ekhlas foi separada de sua mãe e dentre 150 adolescentes ela foi a escolhida por um militante. "Ele me estuprou todos os dias por 6 meses", afirmou.

"Era tão feio, como um monstro, com cabelos compridos. Cheirava tão mal... tinha tanto medo que não conseguia olhá-lo", contou durante a entrevista.

"Tudo o que escutava eram gritos, choro. Todos estávamos com fome, eles não alimentavam ninguém", contou a jovem de 17 anos durante entrevista para jornalista Fiona Lamdin, da BBC.

Após seis meses em poder do EI, ela conseguiu fugir enquanto seu sequestrador estava no campo de batalha. Após a fuga, ela foi levada a um campo de refugiados onde conheceu a advogada americana, Jaqueline Isaac, que era é encarregada de realocar jovens em países da União Europeia. "Quando a conheci, ela não fazia contato visual", relata Jaqueline.

Atualmente, Ekhlas frequenta a escola e vive em um centro de apoio psiquiátrico na Alemanha, onde recebe atendimento psicológico e faz parte de grupos de apoios para crianças e adolescentes refugiados.

Redação O POVO Online

Nenhum comentário:

Post Top Ad