Federação aponta 24 cidades do CE com salários de dezembro em atraso - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Federação aponta 24 cidades do CE com salários de dezembro em atraso

(Foto : Reprodução)


Levantamento da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) apontou que pelo menos 24 cidades cearenses estão com os salários dos servidores atrasados para o mês de dezembro. Ainda segundo a federação, outras cinco cidades não pagaram o 13º salário.

A situação varia entre os 24 municípios. Há caso de cidades em que o atraso afeta servidores em todas as secretarias; cidades em que há indicativo de paralisações ou com possibilidade de greve; ou ainda administrações que já negociam a regularização do pagamento.

"Em todos os municípios citados, os sindicatos já estão em processo de denúncia ao Ministério Público. A Fetamce vem pra reforçar essa denúncia", explica a presidente da federação, Enedina Soares. O levantamento foi feito pela entidade entre os dias 20 e 25 de janeiro.

A presidente da Fetamce critica ainda a situação de desmonte no interior. "A gente já tem uma luta de quatro em quatro anos contra o desmonte. Depois das eleições começa esse processo e os servidores são os mais atingidos", destaca.

O G1 entrou em contato com a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), mas a entidade informou que ainda não dispõe de levantamento do mês.

Cidades do Ceará com salários dos servidores atrasados
MunicípioMesesSecretaria/CategoriasSem 13º?Outras informações
AratubaDezembroEducação (professores e servidores)NãoSindicato já em reunião com a nova gestão entrou em acordo sobre o pagamento do dezembro atrasado. Foi dividido em 3 parcelas. A primeira já foi paga no dia 20
BanabuiúDezembroSecretaria de SaúdeNão 
BeberibeDezembroTodas as secretariasNãoSó receberam da ex-gestão os temporários da Educação
CanindéDezembroTodas as secretariasNão 
CarnaubalDezembroTodas as secretariasNão 
ChorozinhoDezembroSecretarias de Administração, Agricultura, Controladoria, Cultura, Gabinete, Finanças e alguns funcionários do Fundo Municipal de Saúde.Não 
CruzDezembroTodas as secretariasNão 
GraçaDezembroSomente alguns servidores receberamNão 
HidrolândiaNão informadoSecretarias de Administração, Ação Social, Infraestrutura e Meio Ambiente.Alguns servidores, já que são pagos em meses de aniversário 
IbicuitingaDezembroTodas as secretariasNãoNova gestão negocia com sindicato pagamento de dezembro, pois já quitou os salários de janeiro e 13º
IndependênciaDezembroExceto Educação, todas as demais secretariasNãoNova gestão afirmou que não tem condições de quitar, pois encontrou os arquivos apagados e os ex-administradores não repassaram o balanço financeiro
IpaumirimDezembroExceto Educação, todas as demais secretariasNãoSindicato pediu o bloqueio das contas do município. Ministério Público intermedeia situação. Há possibilidade de greve dos servidores
IpueirasDezembroServidores da Educação (exceto professores)NãoMinistério Público media o caso e ficou acordado entre às partes que até 31 de janeiro deverá ser pago o mês de dezembro pendente e a folha de janeiro de todas as categorias. Caso não seja pago no prazo estabelecido, principalmente, o mês dezembro, o MP pedirá o bloqueio de contas do município
JardimDezembroTodas as secretariasSimServidores aprovaram greve no dia 24 de janeiro. Paralisação inicia no dia 26 de janeiro
MadalenaDezembroSecretaria de Saúde e EducaçãoNão 
MeruocaDezembroTodas as secretariasNãoIndicativo de paralisações
Missão VelhaNovembro, DezembroTodas as secretariasSim 
QuixadáDezembroSecretaria de SaúdeNãoNão são todos os profissionais
QuixeramobimDezembroMaioria das secretarias em aberto (Exceto Secretarias de Gabinete, Infraestrutura e Esporte)NãoPrefeitura está pagando aos poucos, a cada dia uma nova secretaria é quitada
Santa QuitériaDezembroTodas as secretariasNão 
São Luís do CuruDezembroTodas as secretariasNão 
Senador PompeuDezembroTodas as secretariasNão 
Tabuleiro do NorteDezembroTodas as secretarias Sindicato conseguiu boquear R$ 1 milhão de reais. Em negociação na Justiça, chegaram ao seguinte acordo: 1. Pagar imediatamente a folha do FUNDEB (Educação). 2. Pagar o 13º em duas vezes. 3. Pagar o mês de dezembro em 5x com a condição de que se municipio tiver queda de recita chegar a 7x
UmirimDezembroExceto Educação, todas as demais secretariasNãoNovo prefeito Felipe Carlos Uchoa assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) comprometendo-se a regularizar o pagamento dos servidores do município. Prazo para solução é até 26 de janeiro
Com informações do Fetamce e G1 - CE

Nenhum comentário:

Post Top Ad