Breaking News
recent

Ceará - Saúde alerta para ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

(Foto :Governo do Estado)


O novo ano começou e, junto, a oportunidade de novos planos, mudanças de hábitos e a busca por uma melhor qualidade de vida. E há atitudes que precisam ser mantidas, como os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Neste período de pré-estação chuvosa no Ceará, é mais ainda importante ficar em alerta para combater o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

É preciso redobrar os cuidados e não deixar o mosquito nascer. Manter a caixa d'água limpa, vedada e bem tampada, não acumular entulhos na rua, limpar as calhas, colocar lixo em sacos e tampar e vedar todo e qualquer recipiente que pode acumular água, como potes, pneus e barris, são algumas das principais ações para evitar focos do Aedes aegypti.

Até mesmo uma tampinha de refrigerante, um simples copo descartável ou uma sacola de plástico podem acumular água e virar um criadouro do mosquito. A fêmea põe os ovos e no primeiro contato com gotinhas de água eclodem, viram larvas, pupas e depois o mosquito adulto. Tudo isso muito rápido. Com as condições de temperatura e umidade do Ceará, em oito dias o ovo, em contato com água, vira mosquito adulto e sai.

A mobilização e participação da população é de fundamental importância na prevenção e controle do Aedes aegypti. Os municípios são responsáveis pelo planejamento e pelas ações de combate ao mosquito, como por exemplo, as visitas de casa em casa, feita pelos agentes de endemias, e a pulverização de inseticidas. Mas cada cidadão também é corresponsável e precisa fazer vistorias periódicas em seus imóveis para evitar focos do mosquito.




Assessoria de Comunicação da Sesa
SOM DA TERRA FM

SOM DA TERRA FM

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.