Assembleia Legislativa inicia 2017 com nova composição - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Assembleia Legislativa inicia 2017 com nova composição

Assembleia Legislativa do Ceará tem nova composição neste ano (Foto: reprodução)


Assembleia Legislativa do Ceará tem nova composição neste ano, após cinco mudanças que envolveram deputados estaduais eleitos em 2014 e seus suplentes. As mudanças decorrem da recente posse dos ex-deputados estaduais Ivo Gomes (PDT), Laís Nunes (PMB), Naumi Amorim (PMB) e Zé Ailton Brasil (PP) como prefeitos de Sobral, Icó, Caucaia e Crato, respectivamente; bem como da licença do deputado Osmar Baquit (PSD), atual secretário de Agricultura, Pesca e Aquicultura do Estado.

O posto de maior bancada da Casa permanece com o PDT, que conta com 12 parlamentares: Zezinho Albuquerque, Manoel Duca, Robério Monteiro, Antônio Granja, Dr. Sarto, Evandro Leitão, Ferreira Aragão, Jeová Mota, Mirian Sobreira, Julinho, Sérgio Aguiar e Mário Hélio.

Na segunda colocação, está o PMDB, com seis deputados: Audic Mota, Agenor Neto, Tomaz Holanda, Danniel Oliveira, Dr ª Silvana e Leonardo Araújo.

Dois partidos seguem empatados, com cinco deputados cada: PT e PP. O primeiro ampliou sua representação, após eleger dois deputados em 2014 e agora tem como representantes os deputados Moisés Braz, Elmano de Freitas, Dedé Teixeira, Rachel Marques e Dr. Santana. Já o PP conta com os deputados Bruno Pedrosa, Fernando Hugo, Leonardo Pinheiro, Walter Cavalcante e Lucílvio Girão.

Outros

Com dois parlamentares cada, quatro partidos surgem na sequência: PCdoB (Augusta Brito e Carlos Felipe), PSD (Gony Arruda e Roberto Mesquita), PMB (Bethrose e Odilon Aguiar) e PR (Fernanda Pessoa e Capitão Wagner).

Os demais partidos com representação na Assembleia contam com um deputado cada. São eles: Aderlânia Noronha (SD), Bruno Gonçalves (PEN), Carlos Matos (PSDB), David Durand (PRB), Ely Aguiar (PSDC), Heitor Férrer (PSB), João Jaime (DEM), Joaquim Noronha (PRP), Renato Roseno (Psol) e Tin Gomes (PHS).


Com informações de Flávio Pinto

Nenhum comentário:

Post Top Ad