Thiago Braz quebra recorde olímpico e garante o segundo ouro para o Brasil - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Thiago Braz quebra recorde olímpico e garante o segundo ouro para o Brasil

Brasileiro Thiago Braz ganhou medalha de ouro com direito a recorde olímpico. (Foto: Franck Fife/AFP)

O Brasil conquistou sua segunda medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na final do salto com vara masculino, Thiago Braz superou o favorito Renaud Lavillenie, campeão olímpico em 2012 e recordista mundial, bateu o recorde olímpico e garantiu a medalha de ouro.

Na final do salto com vara, disputada no Engenhão, o brasileiro Thiago Braz começou com sarrafo posicionado a 5,65m e passou logo na primeira tentativa. Na sequência, o atleta superou 5,75m na segunda tentativa. Com o sarrafo posicionado a 5,93m, Thiago precisou de duas tentativas para ultrapassar a marca.

Com a falha do norte-americano Sam Kendricks, medalha de bronze, apenas Thiago e Lavillenie estavam na disputa do ouro. Com 6,03m, os dois atletas tiveram três chances para alcançar a maior marca do dia. Campeão olímpico em Londres 2012, o francês Lavillenie não conseguiu passar a marca, já o brasileiro chegou em sua segunda tentativa.

“Durante a minha carreira, aprendi a ter fé e confiar em Deus, que tudo vai dar certo. Tenho colocado isso em prática e vem funcionando. Para mim isso é muito especial. Eu trabalho dessa forma: fico quietinho na minha”, disse Thiago Braz em entrevista ao Sportv.

Com a marca de 6,03m, Thiago Braz, além de conquistar a medalha de ouro, quebrou o recorde olímpico. Aos 22 anos, o paulista de Marília fez história ao conquistar a primeira medalha da história do Brasil no salto com vara nos Jogos Olímpicos.

“Com uma prova em casa, achei que o público brasileiro me pressionaria um pouco. Porém, quando chegou o momento da prova, senti que estava todo o mundo a meu favor. Então, isso para mim foi muito interessante. Foi muito emocionante o que eles fizeram e gostaria de agradecer”, festejou Thiago Braz.

O jovem atleta é treinado pelo ucraniano Vitaly Petrov, ex-técnico das lendas Sergey Bubka, medalha de ouro em Seul 1988, e Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica em Atenas 2004 e Pequim 2008.

Fonte: Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Post Top Ad