Três cearenses entre mortos em tragédia - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Três cearenses entre mortos em tragédia

Três cearenses entre mortos em tragédia(Foto:Reprodução Facebook)

Um ônibus que fazia o fretamento de estudantes universitários tombou por volta das 23h desta quarta-feira (8) na altura do km 84 da rodovia Mogi-Bertioga, entre as cidades paulistas de Biritiba-Mirim (região metropolitana) e Bertioga (litoral), e deixou ao menos 18 mortos e 17 feridos. Havia 35 pessoas no veículo. Morreram 17 estudantes e o motorista, Antonio Carlos da Silva, 37. Três cearenses morreram. Maria Maceno de Souza, 22, estava no sétimo semetre de Ciências Contábeis na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Já Daniela Aparecida Mota Dias cursava o nono semestre de Arquitetura e Urbanismo, também na UMC. Morreu também Damião Nunes Brás, 36, que era pedreiro e cursava Engenharia Civil na Universidade Braz Cubas.
Os estudantes são de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, e fazem todos os dias o trajeto entre o município e Mogi das Cruzes, cidade da Grande SP com duas universidades. O ônibus era fretado pela Prefeitura de São Sebastião, que decretou luto de três dias -as aulas nas escolas foram suspensas.
Segundo boletim de ocorrência, o ônibus trafegava pela rodovia quando, “por motivos desconhecidos, perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária, atingindo uma rocha e capotando em seguida, parando tombado com a capota prensada na rocha e parado num córrego de água pluvial, virado para baixo”.
Do total de vítimas, 15 morreram no local, entre elas o motorista. A 16ª vítima morreu no pronto-socorro em Bertioga; outras duas morreram no Hospital Santo Amaro, em Guarujá. O hospital disse ainda que quatro vítimas permanecem no local -uma em estado grave.
Vítimas
Três vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Clínicas de São Sebastião, e outra foi transferida para o Hospital de São José dos Campos (a 97 km de São Paulo) com traumatismo craniano e em estado grave.
No Pronto Atendimento de Boiçucanga foram atendidas seis vítimas -uma em estado grave. Foram feitos ainda três atendimentos de familiares dos estudantes que se encontram em estado de choque. Em sua conta oficial no Twitter, o presidente interino Michel Temer (PMDB) disse estar chocado com o acidente e que chamará órgãos de fiscalização para evitar que se repitam tragédias como essa. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que os feridos em estado mais grave serão transferidos para São Paulo e que “agora é trabalhar para salvar as vidas”.

Com informações do Estado CE

Nenhum comentário:

Post Top Ad