Raimundo Macedo inclui ex-procurador na disputa - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 7 de junho de 2016

Raimundo Macedo inclui ex-procurador na disputa

Nova jogada política pode levar PMDB à disputa com chapa pura com Raimundão e Ex-procuradorJoão Vitor (Foto: Serena Morais/Jornal do Cariri)

O prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), orientou na última semana, a exoneração do procurador-geral do Município, João Vitor Grangeiro. Nada, além do normal não fosse a decisão uma estratégia eleitoral. Segundo informações, João Vitor deixou o cargo para se colocar como opção a sucessão da atual gestão na a disputa deste ano. A decisão teria sido avalizada pelo presidente estadual do PMDB, senador Eunício Oliveira, durante sua última passagem pela cidade.

Para assessores do prefeito, a desincompatibilização de João Vitor, afasta de uma vez a possibilidade de Raimundo Macedo manter a dobradinha com o atual vice-prefeito Luiz Ivan (PTB), além de deixar mais distante a aliança com o PSDB juazeirense. No PSDB, os pré-candidatos a prefeito, Manoel Salviano e Normando Sóracles, disputam a indicação do partido.

Ligado ao governador Camilo Santana, o PTB do deputado federal Arnon Bezerra deve apresentar o nome de Luiz Ivan como alternativa à sucessão de Raimundão. O vice-prefeito disputa a indicação com os pré-candidatos do PT, deputado estadual Manoel Santana, e o empresário Gilmar Bender (PDT).

Informações de pessoas ligadas à atual gestão, a articulação feita pelo prefeito Raimundo Macedo estaria garantindo a possibilidade de uma chapa pura do PMDB em Juazeiro. João Vitor é filiado ao mesmo partido do prefeito e, em caso de permanência de Raimundão na disputa, poderia ser o nome para compor a chapa como candidato a vice-prefeito. O grupo avalia que nenhum nome vindo dos partidos aliados agrega politicamente.

A decisão do PMDB de Juazeiro, sobre uma provável chapa pura, deve afetar, além da articulação junto ao PSDB, a boa relação com o PR do ex-deputado Vasques Landim. Apesar das declarações do líder do partido no Ceará, Roberto Pessoa, de que o PR deve apoiar Raimundão, Vasques Landim tem mantido seu nome na disputa e, na pior das hipóteses, sonhava com a indicação a vice.

Outras definições no Crajubar

Os três maiores municípios da Região do Cariri estão mais perto de uma definição para as eleições deste ano. As articulações em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, avançam e devem apresentar alguns nomes para a disputa antes das convenções previstas para agosto.

Na última semana mais um pretenso a disputa eleitoral se desincompatibilizou de cargo público para viabilizar uma provável candidatura. No último dia 31 de maio, o empresário Rafael Branco (PDS), pré-candidato a prefeito do Crato, pediu exoneração da coordenação das Policlínicas do Cariri.

Apesar de garantir que atendeu orientação do governador Camilo Santana, o empresário ainda disputa a indicação com o ex-promotor Francisco Leitão de Moura (PDT) e o deputado estadual Zé Ailton Brasil (PP).

Mais próximo de uma definição sobre os nomes presentes no pleito deste ano, o município de Barbalha teve o primeiro pré-candidato desincompatibilizado do Crajubar. Ainda no mês de março, o então secretário-adjunto do Gabinete do Governador, Fernando Santana, deixou o cargo para articular sua pré-campanha.

Fernando deve enfrentar um nome indicado pelo grupo do ex-prefeito Rommel Feijó, hoje, disputado pelos pré-candidatos Argemiro Sampaio (PSDB) e Rildo Teles (PMDB). Entre os três municípios, a disputa de Barbalha é a que está mais perto de uma definição.

Fonte: Jornal do Cariri

Nenhum comentário:

Post Top Ad