Irmã do radialista Delton Sá morreu em conseqüência de bala perdida durante um assalto em Juazeiro - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Irmã do radialista Delton Sá morreu em conseqüência de bala perdida durante um assalto em Juazeiro

Telma possuía um comércio em sua residência (Foto: Arquivo pessoal)
A comerciante Ana Telma Pinheiro Sá, de 38 anos, morreu por volta das 19 horas deste domingo na UPA Limoeiro momentos após ser atingida por uma bala perdida na porta de sua casa em Juazeiro do Norte. Ela residia na Rua São Benedito, 2.411 na esquina com a Rua Belo Horizonte (Bairro José Geraldo da Cruz), onde possuía um comércio e ia saindo à porta no momento em que ocorria um assalto. Telma foi atingida no pescoço por uma bala perdida e socorrida por familiares à Unidade de Pronto Atendimento onde faleceu.

Segundo a polícia, dois homens tinham acabado de roubar uma moto na Rua 1º de Maio no bairro Limoeiro e pararam no local para novo assalto junto a um grupo de pessoas quando teria ocorrido reação de uma das vítimas. Na saída, o garupeiro atirou e a bala atingiu a comerciante na porta de sua casa. Na UPA os médicos ainda tentaram reanimá-la, mas Telma foi à óbito deixando dois filhos e já tinha dois netos. Ela era irmã do radialista Delton Sá que tinha acabado de sair do Romeirão onde narrou o jogo do Guarani.

Existem informações de que a moto roubada anteriormente foi abandonada na Avenida da CHESF no bairro João Cabral e um suspeito do disparo seria o jovem apelidado por “Mineirinho do João Cabral”. O corpo de Telma está sendo velado no Centro de Velório Anjo da Guarda, onde será celebrada missa às 16 horas seguida do sepultamento naquele cemitério. Foi a 11ª mulher assassinada este ano na região do Cariri se constituindo a quinta somente em Juazeiro do Norte.

Quanto ao mês de junho foi a oitava pessoa assassinada em Juazeiro já superando o mês de maio quando tivemos sete homicídios no município. No ano, são 64 e o último aconteceu na tarde deste sábado tendo como vítima Lucas Vinicius Gomes Paulino, de 17 anos, o “Luquinhas” que residia na Avenida Aracajú, 406 (Romeirão). Ele foi morto a tiros de pistola na Avenida Aracaju perto do cruzamento com a Rua Ozana Pereira naquele bairro por dois jovens numa moto Honda Titan de cor escura.

Com informações do Site Miséria

Nenhum comentário:

Post Top Ad