Turismo retoma rota do crescimento no Cariri - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Turismo retoma rota do crescimento no Cariri

A paleontologia tem atraído um público motivado pelas novas descobertas científicas (Foto: Elizângela Santos/Diário do Nordeste)

O fortalecimento do turismo no Cariri tem passado por várias discussões, ao mesmo tempo que, nos últimos anos, a região tem recebido diversos empreendimentos. Em função de um trabalho mais intensivo, o setor hoteleiro tem sentido esse impacto, mesmo com um pequeno aumento na movimentação, em relação aos primeiros meses do ano passado. A recuperação se deu principalmente a partir de março deste ano.

Um dos hotéis da cidade de Juazeiro do Norte, que recebe clientes principalmente no setor corporativo, vê esse momento como um bom reflexo no mercado. Para a funcionária Daniella Pais, da controladoria do Hotel Iu-á, essa fase tem sido animadora para o setor e se aproxima de uma das melhores épocas de movimentação para a região, principalmente entre os meses de junho e julho.

Ela avalia esse período melhor do que no ano passado, quando o segmento amargava os primeiros grandes impactos de uma crise na economia em curso no Brasil. Para a funcionária, mesmo com essa leve melhora, ainda não tem surtido o efeito desejado, mas já é um sinal positivo do mercado.

Impulso

O hotel optou por uma forma diferenciada de atuar, com a parceria do Geopark Araripe. Para Daniella, foi um impulsionador do processo e aos poucos tem atraído um público diferente do corporativo, de turistas que querem conhecer os atrativos naturais e culturais da Chapada do Araripe.

A gastronomia é um dos setores em alta na região, mas que tem sido afetado pela crise, desde o ano passado. A esperança é que, neste ano, haja um impulso no mercado. A criatividade é um dos importantes fatores para driblar a economia, conforme o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Feitosa Júnior. No primeiro semestre do ano passado, a queda chegou a ser estimada em 30% no faturamento.

Surpresa

O turismo religioso e as romarias movimentam a região. E Juazeiro do Norte, a cidade romeira do Cariri, tem sentido o impacto da economia nos últimos anos. Para comerciantes, neste ano as grandes romarias têm sido uma surpresa, por conta da crise, mas ao mesmo tempo avaliam que tem ocorrido, ao longo do tempo, uma mudança de comportamento dos romeiros.

Muitos deles estão deixando de vir em épocas de maior movimentação na cidade, e escolhem outras datas de suas conveniências para cumprir o ritual de fé católica, e fazer o périplo desde o Horto às igrejas.

Segundo o comerciante Ewerton Bruno Sousa, tanto em setembro como em fevereiro deste ano, as romarias estiveram abaixo da expectativa, em termos de comercialização. Com um pequeno comércio fixo em frente à Basílica e um dos pontos estratégicos de visitação romeira, ele afirma que a maior, em novembro, esteve 25% abaixo da expectativa em relação ao mesmo período da romaria anterior. Para Bruno, os preços praticamente se mantêm.

Já os proprietários dos ranchos e pousadas afirmam estar difícil, mesmo nas romarias, manter a lotação dos espaços. A funcionária de pousada Adriana Gomes de Sousa disse que, por outro lado, uma das coisas que tem garantido a manutenção das hospedagens é a permanência dos romeiros em épocas diferenciadas.

Avaliação

Mas, todos os fatores relacionados à forma de impulsionar esse mercado no Cariri, que acena com um potencial real de crescimento, estão sendo avaliados pelos empresários do segmento, que forma o Conselho de Desenvolvimento do Turismo do Cariri (Condetur).

Na fase inicial de trabalho, o órgão atua com áreas especificas, que são as câmaras técnicas para embasar o setor. E três delas estarão detidas nos aspectos do fundo financeiro, regimento interno e aeroporto, equipamento vital para o desenvolvimento regional e um dos pontos que vêm sendo debatidos com frequência junto ao Condetur, num momento em que o local está necessitando de maior infraestrutura e voos que fortaleçam o turismo na região.

Demandas

Segundo o presidente do Conselho, Feitosa Júnior, o Condetur é de suma importância por reunir instituições voltadas para debater o fortalecimento do trade turístico regional. "Com certeza vivenciamos um momento novo nesse sentido", afirma.

Além disso, destaca a oportunidade de poder levar as demandas regionais ao governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, e apresentar as principais necessidades, para possibilitar o desenvolvimento.

O secretário executivo do conselho, Isaac Coimbra, gerente regional do Senac, ressaltou o crescimento e organização nos últimos anos dos diversos setores relacionados ao turismo, destacando os de hotelaria e restaurante. "Hoje temos um turismo bem mais organizado, e com restaurantes qualificados para atender melhor ao turista que vêm a região", diz ele.

O vice-presidente do Condetur, Venâncio Saraiva, secretário de Desenvolvimento e Turismo do Crato, ressaltou que essa iniciativa já parte de um resultado de trabalho que vem sendo vivenciado na região há vários anos. O conselho foi implantado há cerca de três meses e, segundo Venâncio, tem um caráter autônomo, com a participação de órgãos da iniciativa privada, públicos, entidades não governamentais e sociedade civil.

Discutir os problemas relacionados à infraestrutura e propor alternativas de melhorias, que envolvam o aeroporto, implementação do turismo, aumento nas opções de voos e sugestão de novos eventos para serem realizados no Centro de Convenções do Cariri estão entre as proposições iniciais em debate voltadas para o desenvolvimento regional do setor (E.S.)

Mais informações:

Abrasel Regional Cariri

Rua Sargento José Marcolino Brasileiro - bairro Lagoa Seca

Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 3512-3403 www.cariri.abrasel.com.br

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Post Top Ad