Secult lança edital para selecionar agentes de leitura 34 municípios - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Secult lança edital para selecionar agentes de leitura 34 municípios

Foto/reprodução


A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) lançou o Edital de Bolsas para Agentes de Leitura 2016, através do qual serão selecionados 232 novos agentes de leitura, que vão atuar em 34 municípios, de diferentes regiões do Ceará.

A ideia promove o incentivo à leitura, com os agentes indo de casa em casa, realizando atividades de integração social e fruição literária, em um programa que também faz parte do Ceará Pacífico, beneficiando famílias dos bairros Bom Jardim, São Miguel e Vicente Pinzón, em Fortaleza (com 22 agentes), do bairro Dr. José Euclides, em Sobral (11 agentes), e do município de Juazeiro do Norte, também com 11 participantes. As inscrições seguem abertas até 17 de maio.

Também serão selecionados Agentes de Leitura para atuar nos municípios de Abaiara, Acopiara, Aiuaba, Altaneira, Antonina do Norte, Ararendá, Assaré, Cariré, Cariús, Croatá, Dep. Irapuan Pinheiro, Farias Brito, Granja, Ipaporanga, Itapiúna, Mauriti, Milhã, Novo Oriente, Parambu, Pedra Branca, Poranga, Porteiras, Quiterianópolis, Quixelô, Reriutaba, Saboeiro, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas, Uruoca e Viçosa do Ceará (seis agentes em cada cidade).  

Os agentes de leitura selecionados através do edital dedicarão 20 horas semanais ao projeto, recebendo bolsa de complementação de renda no valor de R$ 440,00, e atuarão nos bairros/comunidades onde vivem, atendendo diversas famílias com a disponibilização de livros e promovendo mediação para a leitura, incentivando a frequência na atividade.  O acompanhamento das ações é feito por meio de relatórios mensais elaborados pelos agentes e enviados à Secult, de reuniões quinzenais com os agentes articuladores e de outras atividades promovidas pela Coordenação do projeto Agentes de Leitura.

Podem se inscrever para concorrer às vagas de Agentes de Leitura pessoas físicas, com Ensino Médio concluído em escola pública, na faixa etária de 18 a 29 anos, que possuam residência em um dos 34 Municípios contemplados no Edital. As inscrições são gratuitas, devendo ser apresentadas em envelope entregue na sede da Secult (Rua Major Facundo, 500, Centro, Fortaleza-CE), ou enviadas por Correios. 

O edital e os formulários para inscrição estarão disponíveis a partir desta terça-feira, 26/4, no site da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (www.secult.ce.gov.br) e em suas páginas nas mídias sociais. Entre os critérios de seleção estão prova escrita (redação), prova oral (leitura em voz alta de texto literário escolhido por sorteio), entrevista (perguntas e respostas) e análise de currículo.

Democratizando a leitura

"O Edital Agentes de Leitura tem entre seus objetivos democratizar o acesso ao livro e à leitura para as famílias beneficiadas, ampliar a formação leitora das famílias, fortalecer as bibliotecas públicas e comunitárias dos municípios cearenses e contribuir para maior formação cultural dos bolsistas", ressalta o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, responsável pela criação do programa em sua primeira passagem pela Secult, de 2003 a 2006. 

"Outros objetivos importantes são contribuir para o programa Ceará Pacífico, por meio da incorporação dos Agentes de Leitura nas áreas de vulnerabilidade social, e para a ampliação e o fortalecimento das políticas de inclusão social e cidadania cultural no Ceará", aponta o secretário, que também levou o programa ao Ministério da Cultura, quando atuou no MinC, contribuindo para que a ideia se expandisse em dimensão nacional, com diversos estados e municípios promovendo ações por meio de agentes de leitura.

"O programa Agentes de Leitura envolve várias áreas de política pública, desde a cultura, a educação, a juventude, a cidadania, o desenvolvimento social... A nova turma de agentes terá um grande papel a desempenhar nesses 34 municípios do nosso Estado, com muitos benefícios para as famílias e para as comunidades", destaca o secretário.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Post Top Ad