Mulher morre após ser feita refém em casa e levar tiro na cabeça em Pedra Branca - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Mulher morre após ser feita refém em casa e levar tiro na cabeça em Pedra Branca

Mulher morre após ser feita refém em casa e levar tiro na cabeça em Pedra Branca (Foto: Reprodução)

Uma comerciante morreu nesta quarta-feira (27) após ter sido baleada na cabeça depois de ter a casa invadida por um homem em Pedra Branca, no interior do Ceará. Durante a ação, ela foi feita refém pelo criminoso, que fugiu da cadeia pública há um mês. Depois de atirar na vítima, o homem fez o marido dela refém e conseguiu fugir em uma moto. Até a publicação desta matéria, o suspeito não havia sido capturado.

O criminoso foi identificado como Antônio Guilherme Pereira Fortunato, de 20 anos, que fugiu da Cadeia Pública de Tauá em março deste ano, onde respondia por dois roubos de veículos, e está foragido, segundo o delegado Jefferon Lopes.

Residência

O caso aconteceu na madrugada de terça-feira (26). Um vizinho estranhou o movimento na casa de um casal de comerciantes, no Centro de Pedra Branca, e acionou a Polícia Militar. Quando chegaram no local, os policiais avistaram o criminoso e Silmaria Maria Cavalcante Pacífico, de 40 anos. "Ele já estava em rota de fuga, concluindo o roubo. Quando a PM chegou, a mulher se amedrontou, se desvencilhou dele e saiu correndo", narrou o delegado.

O suspeito atingiu Silmaria com um tiro na cabeça, voltou para a casa e pegou o marido como refém. "Ele também chegou a realizar disparos contra a composição militar. A todo momento, ameaçava matar o comerciante e se matar. Ele deu uma gravata no comerciante, fazendo-o de escudo humano e arrastou para um matagal".

Antônio Guilherme liberou a vítima e fugiu a pé, em direção a Mombaça. A polícia acredita que ele teve apoio de outra pessoa na fuga.

Hospital em Fortaleza

Silmaria foi encaminhada para Fortaleza e chegou a dar entrada no Instituto Dr. José Frota (IJF), mas morreu nesta quarta-feira, segundo confirmou a unidade de saúde.

A polícia apreendeu a moto usada pelo suspeito para chegar à casa dos comerciantes. "Ele estava rondando a cidade de Pedra Branca há pelo menos três semanas, sempre com duas pistolas. Já roubou os Correios de Pedra Branca e Mombaça. Semana passada, ele arrombou a casa de um secretário municipal de Pedra Branca, agindo parecido: adentrou o imóvel, fez família refém. Ele é bastante violento, amordaçou as vítimas". A polícia abriu inquérito por roubo e homicídio.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Post Top Ad