Feriadão da Semana Santa com seis mortes em acidentes no Cariri e mais dois homicídios - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 28 de março de 2016

Feriadão da Semana Santa com seis mortes em acidentes no Cariri e mais dois homicídios

“Rosinha” e “Dudu” foram vítimas de acidentes em Crato e Lavras da Mangabeira, enquanto Israel morreu afogado em Lavras e “Fael Bico de Ouro” e Cícero foram assassinados a tiros em Crato e Juazeiro (Foto: Arquivo pessoal)


Subiu de oito para 11 o número de mortes violentas na comparação entre os dois últimos finais de semana no Cariri, porém este foi o feriadão da Semana Santa com três mortes a mais em relação ao mesmo período do ano passado e três a menos se comparado com o carnaval deste ano. Entre a noite da última quinta-feira e às 6 horas desta segunda, foram seis mortes no trânsito, dois homicídios, duas vítimas de queda e um caso de afogamento com dois corpos de Lavras da Mangabeira, dois de Crato, mais dois de Nova Olinda, outros dois de Juazeiro e os demais de Brejo Santo, Várzea Alegre e Antonina do Norte.

Por volta das 18 horas de quinta-feira morreu no Hospital Regional do Cariri José de Alcântara Viana, de 76 anos, que residia na Rua Luiz Jacinto (Bairro Novo Horizonte) em Lavras da Mangabeira. Quatro horas antes, ele se envolveu num acidente na BR-230 na Ponte de Chico Piau em Várzea Alegre. O carro Hyundai HB20 de cor branca dirigido por sua filha, Muriel Batista Viana, de 32 anos, caiu num abismo e saíram feridos ainda sua mãe Adélia Batista Viana, de 63, e o estudante Vagner Gomes de Freitas Júnior, de 13 anos

Duas horas e meia depois, na CE-166 que liga os municípios de Nova Olinda e Santana do Cariri, houve uma batida envolvendo três motocicletas deixando o saldo de uma pessoa morta e três feridas. No local, faleceu o adolescente Tiago Belisário da Silva, de 17 anos, que residia no Sítio Barreiros em Nova Olinda. Outro rapaz identificado apenas por “Netinho”, residente no Sítio Lagoinha, foi socorrido em estado grave a exemplo de mais dois com um deles tendo fraturado o braço.

Às 15 horas já de sexta-feira, na estrada carroçável de acesso ao Sitio Conceição na zona rural de Antonina do Norte, o agricultor Francisco Ferreira da Silva, de 57 anos, que residia na Rua Frei Damião, 250 (Bairro Castelo Branco) naquele município, morreu em conseqüência de um acidente. Ele não possuía habilitação e pilotava uma moto Honda CG 125 Fan de cor preta quando perdeu o equilíbrio e caiu do veículo morrendo no local. Segundo populares, a vítima tinha tomado alguns copos de vinho.

Enquanto isso, às 17 horas morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri a jovem Sandra da Silva Conceição, de 33 anos, que residia na Rua Olívio Lopes Angelim em Brejo Santo. No dia 4 de março a mesma se envolveu num acidente quando caiu de uma motocicleta naquele município e terminou socorrida ao HRC, onde faleceu 21 dias após em virtude da gravidade dos ferimentos.

Já às 19 horas, no Sítio Ouro Branco perto da entrada que liga a BR-230 ao Distrito de Amaniutuba em Lavras da Mangabeira, o estudante Carlos Eduardo Oliveira Wanderley, de 17 anos, o “Dudu”, morreu em conseqüência de acidente. Ele residia na Rua José Gonçalves da Silva (Bairro Cruzeiro) naquele município e pilotava uma moto Honda CG 150 Titan de cor azul quando caiu do veículo batendo com a cabeça. Dudu ainda foi socorrido ao hospital local, mas já chegou sem vida.

Uma hora e meia depois, nas imediações do Centro de Convenções de Crato que funciona na Avenida Padre Cícero, a estudante Rosangela Lopes Paiva, de 22 anos a “Rosinha”, morreu em virtude de acidente de trânsito. Ela voltava de um culto para sua casa na Rua Teles Bezerra, 208 (Bairro Muriti), com sua mãe e irmã quando foi atropelada por um Fiat Uno de cor prata e placas OCP-9767 ao tentar atravessar a via. O motorista do carro foi preso e levado à Delegacia.

Por volta das 6 horas deste sábado, na Barragem do Lobinho no Sítio Arapuá em Lavras da Mangabeira, foi encontrado boiando o corpo do esportista e lutador de MMA, Israel Bezerra Ventura, de 28 anos. Ele residia na Rua Jose Pinheiro (Distrito de Arrojado) naquele município e tinha desaparecido às 15h30min de sexta-feira. O mesmo tomava banho com familiares quando pulou em um local onde a correnteza era mais forte e acabou sendo levando pelas águas.

Perto das 10 horas morreu no Hospital Regional do Cariri a aposentada Maria Rita da Conceição, de 82 anos, que morava na Rua Arsênio Sobreira (Timbaúbas) em Juazeiro e foi vítima de uma queda em sua residência. Duas horas após faleceu no mesmo hospital a aposentada Idalina Ribeiro de Matos, de 67 anos, que residia no Sítio Bujari em Nova Olinda, onde sofreu uma queda.

Às 16 horas ainda de sábado Rafael Cardoso Silva, de 29, o “Fael Bico de Fogo” que residia na Travessa Caririaçu no bairro Seminário em Crato, morreu no Hospital Regional do Cariri três horas após ser alvejado com 11 tiros na Rua 18 de novembro, perto da Praça dos Quatro Bancos naquele bairro. Ele respondia por crimes de roubo, receptação, porte de arma de fogo, tráfico de drogas, desacato e seu irmão Ismael Cardoso da Silva, de 27 anos, o “Maroca”, tinha sido morto com 12 tiros em frente à sua casa em agosto de 2015.

No domingo a única morte violenta foi registrada por volta das 22 horas na Rua Dr. Mauro Sampaio perto do Petscar (Planalto) em Juazeiro. Cícero Ferreira Caldas, de 49 anos, que residia na Rua Letícia Vasconcelos, 245 no bairro Triângulo, foi morto com vários tiros na cabeça. A vítima tinha apenas uma passagem pela polícia, no ano de 2007, como usuário de drogas. Foi o 11º homicídio do mês de março em Juazeiro e o 31º do ano no município.

Com informações do Miséria

Nenhum comentário:

Post Top Ad