Além de dois homicídios no fim de semana, houve 12 atentados à bala, faca e pedradas em Juazeiro, Barro e Abaiara - Som da Terra FM - sdt

últimas

http://stream.sejahost.com.br/player-html5/ODc4NCtZ?skin=sem_rtmp&autoplay=true&cor=126999

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 1 de março de 2016

Além de dois homicídios no fim de semana, houve 12 atentados à bala, faca e pedradas em Juazeiro, Barro e Abaiara

Fábio Freire tentou matar sua esposa em Barro e “Gigibinha” foi lesionado com uma facada em Juazeiro (Foto: Reprodução)

No final de semana foram registrados os assassinatos de Taís Pereira da Silva, de 18, e Raimundo Nonato da Silva Ferreira, de 33 anos, em Juazeiro. Entretanto, ocorreram ainda 12 atentados à bala, faca e até a pedradas em Juazeiro, Barro e Abaiara. A violência começou ainda na noite de sexta-feira com um crime contra a lei Maria da Penha na Vila Fátima em Juazeiro. Raimundo T. da Silva, de 51 anos, foi preso após agredir Maria S. L dos Santos, de 49 anos, que mora na Vila Nova

Já às 8 horas de sábado a polícia de Barro prendeu Fábio Freire de Oliveira, de 34 anos, residente no Distrito de Monte Alegre naquele município. Nas imediações do Posto Fiscal na BR-116 ele tentou matar sua companheira Maria das Graças Freire de Oliveira a golpes de faca. Em Juazeiro, foi registrado um tiroteio no bairro Santa Tereza. A polícia soube que o autor dos disparos foi um ciclista que ligou para a vítima identificada apenas pelo apelido de “Boi” e quando este saiu de sua residência e chegou na esquina foi recebido à bala.

Também na tarde de sábado, porém numa briga familiar no Sítio Tatajuba em Abiara, a polícia prendeu Claudiano Francisco Bráz Tomé, de 28 anos. Ele lesionou a pedradas o seu irmão Luciano Bráz Tomé. Já no tiroteio na chácara do bairro José Geraldo da Cruz que culminou com a morte de Taís, oito saíram feridos: José Welder L. Silva com dois tiros no rosto; A. R. G. S., de 17, um tiro na coxa; Thiago S. Sousa, um tiro no ombro; Jéferson A. Silva três tiros no abdômen e nas nádegas; Geyrlan V. Santos um tiro no cotovelo; Lucas F. um dois tiros no braço e na coxa; Augustinho F. dois tiros no tórax e no pé e Maciel da Silva um tiro no braço.

Por volta das 20 horas deste domingo deu entrada no Hospital Regional do Cariri (HRC) de Juazeiro o jovem Igor L. Silva, de 22 anos, conhecido pelo apelido de “Gigibinha” com uma facada profunda no ombro direito. Ele mora na Rua do Horto, onde o crime ocorreu, mas a vítima conseguiu fugir até a Avenida Leandro Bezerra, por trás do Memorial Padre Cícero no bairro Socorro. Foi quando populares trataram de socorrê-lo ao hospital.

Com informações da Agência Miséria

Nenhum comentário:

Post Top Ad