Morador relata problemas que vem enfrentando há três anos na rua Raimundo Tavares da Cruz - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Morador relata problemas que vem enfrentando há três anos na rua Raimundo Tavares da Cruz

Arquivo pessoal/Jonas Fernandes


A falta de coleta de lixo e pavimentação no Município de Milagres são dois problemas que a população vem enfrentando nos últimos anos. Recentemente, a Prefeitura de Milagres abriu licitação com objetivo de contratar um caminhão para diminuir a grande demanda de resíduos. Em relação a pavimentação, a população está cansada de esperar há anos a tão sonhada obra pública que foi promessa de campanha, mas não saiu do papel até agora.

Em entrevista a Som da Terra FM, o Professor e morador da rua Raimundo Tavares da Cruz, Jonas Fernandes, relata os problemas que vem enfrentando há três anos, por falta de políticas públicas por parte da Prefeitura Municipal de Milagres.

“Há três anos, nós moradores vem tentando conseguir o calçamento da mesma. A desculpa da Prefeitura é que não havia recursos disponível, porém, recentemente iniciou o projeto que visa realizar o calçamento ou rejuntamento de 19 ruas no município, dentre esta, a Raimundo Tavares da Cruz. Já o citado projeto, iniciou em uma rua próximo a escola chamada de Clicério Martins. Sem desmerecer qualquer morador de qualquer rua do município, essa rua ao lado da escola nem casa tem, não beneficia quase ninguém”, disse Jonas Fernandes.

O morador, disse que acionou a justiça.” Acionamos novamente o Ministério Público, onde o promotor Breno Rangel, ao tomar conhecimento da gravidade da situação. Encaminhou um ofício à Prefeitura solicitando a preferência na construção da via acima citada. Já que esta[recomendação], havia sido solicitada várias vezes anteriormente por outros promotores que iniciou o projeto do Calçamento. Descumprindo a solicitação do Ministério Público, a Prefeitura inicie o calçamento em outra rua, qual esta , se localiza ao lado do Fórum onde sua maior extensão também não há caso”, explicou.

Sobre a coleta de lixo, Jonas Fernandes disse que ele demais moradores “não tem onde jogar o lixo “e que isso acontece desde de segunda-feira (08) devido à prefeitura ter recolhido o deposito de lixo. “Se pelo ao menos soubéssemos que dia o caminhão do lixo e passe por aqui [rua] nem precisaria de deposito na rua”, afirmou.         

    

Ouça a entrevista Completa com o morador Jonas Fernandes : 



Nenhum comentário:

Post Top Ad