Ceará registra redução no número de homicídios, em 2015, após 17 anos - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Ceará registra redução no número de homicídios, em 2015, após 17 anos

O Governador Camilo Santana deu entrevista após a divulgação (Foto: Reprodução/Diário do Nordeste)

O número de mortes violentas reduziu no Ceará reduziu 9,5% no ano passado em comparação com 2014. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (11) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE). Foram 4.019 homicídios em 2015 contra 4.439 no período anterior. Apesar da redução, entretanto, este tipo de crime teve um leve aumento no sul do Estado (2,4%).

O valor ultrapassou a meta de 6% do governo estadual. O destaque foi a diminuição dos crimes letais em Fortaleza (17%), onde houve 1.651 homicídios entre janeiro e dezembro de 2015, 338 a menos que os registrados em 2014 (1.989).

Na Região Metropolitana a redução foi de 10,3%, com uma queda de 860 para 771 mortes violentas no período. O norte do Ceará tem uma queda menor, de 681 para 665 em 12 meses (2,3%).

O único território que apresentou um aumento foi o sul do Estado, onde os assassinatos registrados saltaram de 909 e 2014 para 931 em 2015 (2,4%). Segundo a SSPDS-CE, a elevação de homicídios ocorreu no início do ano passado. 

No segundo semestre, entretanto, houve uma queda de 0,8% na região graças, ainda de acordo com a secretaria, aos investimentos feitos na região, “como a implantação da base da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) em Juazeiro do Norte, início das atividades do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Batalhão de Divisas do Cariri”, destacou o órgão em nota.

Queda de homicídios no Estado foi de 5,5% em dezembro

Somente em dezembro de 2015, a redução em comparação com o mesmo mês do ano anterior foi de 5,5%. Entanto no mês passado houve 359 homicídios, os crimes letais foram 380 um ano antes. Mais uma vez, a Capital registrou a maior queda (15,9%), caindo de 145 para 122 no período. 

A SSPDS-CE atribui o resultado ao trabalho integrado dos órgãos ligados à secretaria (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense) e às ações realizadas em horários com maior incidência de crimes, além dos investimentos feitos na área.


Fonte: Diário do Nordeste




Nenhum comentário:

Post Top Ad