Guerrero quebra jejum de cinco meses e Flamengo vence a primeira com Muricy - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Guerrero quebra jejum de cinco meses e Flamengo vence a primeira com Muricy

Guerrero durante partida do Flamengo contra o Atlético-MG na Primeira Liga Thomas Santos/AGIF
Uma vitória com sabor especial para o torcedor do Flamengo. Depois de sete anos a equipe rubro-negra voltou a vencer o Atlético-MG em Belo Horizonte. Melhor ainda por ser com gol de Paolo Guerrero, que não marcava desde agosto, quebrando um incomodo jejum de cinco meses.
O resultado de 2 a 0, no Mineirão, ainda quebrou uma incomoda sequência de goleadas diante do rival alvinegro. Até o duelo desta quarta-feira eram 14 gols sofridos pelo Flamengo nos quatro confrontos anteriores com o Atlético. Para completar a noite especial, começar a vitória na Primeira Liga é também um triunfo fora de campo, já que poucos clubes brigam tanto pela competição como faz o Flamengo.
O Atlético-MG, por sua vez, teve chances de fazer um resultado melhor. Especialmente na primeira etapa, quando criou as melhores oportunidades e perdeu até gol sem goleiro. A derrota em casa para uma equipe em formação é uma ducha de água fria, para uma equipe que estava bastante motivada após o bom desempenho na Flórida Cup.
Fases do jogo: Assim como aconteceu nas últimas visitas do Flamengo ao Atlético em Belo Horizonte, a equipe carioca sofreu bastante no primeiro tempo. Mas o jogo válido pela rodada de abertura da Primeira Liga teve uma diferença. A equipe carioca não sofreu gols na etapa inicial. É verdade que a trave, depois de cabeçada de Thiago, e um carrinho de Gabriel, após ótimo contra-ataque puxado por Dátolo e finalizado por Giovanni Augusto, impediram que o Atlético abrisse o placar.
Paulo Victor ainda fez duas boas defesas, em chutes de Dátolo e Giovanni Augusto, até que o Flamengo conseguisse igualar o jogo. Embora a equipe comandada por Muricy Ramalho não tenha criado nenhuma chance clara diante de Victor, os minutos finais do primeiro tempo fora de igualdade, já sem a pressão do Atlético no campo de ataque.
O segundo tempo seguiu como terminou o primeiro. A bola nos pés do Flamengo e o Atlético sem conseguir marcar. Tanto que o goleiro Victor teve que fazer boas defesas, especialmente nas tentativas de Everton e Guerrero. Se o goleiro atleticano foi bem nos lances anteriores, aos 22 minutos ele não conseguiu impedir o gol de Guerrero, num belo arremate da entrada área. Já no final da partida, aos 43 minutos, debaixo de chuva, para lavar a alma, Paolo Guerrero marcou mais uma vez, para sacramentar o triunfo rubro-negro.
O melhor: Paolo Guerrero. O atacante mostrou a determinação e a vontade de sempre. Foi premiado com dois gols.
O pior: Giovanni Augusto. O meia do Atlético não esteve numa jornada feliz. Pouco criou e ainda perdeu um gol sem goleiro, após receber passe de Lucas Pratto.
Chave do jogo: Carrinho de Gabriel. Aos dez minutos Gabriel evitou uma chance clara do Atlético. Um gol no começo da partida poderia atrapalhar o plano de jogo de Muricy.
Para lembrar:
Primeira Liga: O próximo jogo da competição está marcado para o dia 6 de fevereiro, em Florianópolis, entre Figueirense e Atlético-MG.
Estaduais: O domingo vai ser de mais estreias para Atlético e Flamengo, nos Campeonato Mineiro e Carioca, respectivamente. O time alvinegro jogar contra o Uberlândia, enquanto o Rubro-Negro pega o Boavista.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 0 X 2 FLAMENGO
Data: 27/01/2015 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Motivo: 1ª rodada da Primeira Liga
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Público: 30.378
Renda: R$ 649.450,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Nadine S. Câmara Bastos (SC) e Rosnei Hoffmann Scherer (SC)
Cartões amarelos: Tiago (CAM)
Gols: Guerrero aos 22 min e aos 43 min do segundo tempo
ATLÉTICO-MG
Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Thiago e Douglas Santos; Leandro Donizete (Dodô, aos 30 do 2º), Rafael Carioca, Dátolo (Pablo, aos 32 do 2º) e Giovanni Augusto (Lucas Cândido, aos 23 do 2º); Patric e Lucas Pratto.
Treinador: Diego Aguirre.
FLAMENGO
Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Everton (Chiquinho, aos 33 do 2º); Gabriel (Marcelo Cirino, aos 18 do 2º), Emerson (Canteros, aos 43 do 2º) e Guerrero.
Treinador: Muricy Ramalho.

Victor Martins
Do UOL, em Belo Horizonte

Nenhum comentário:

Post Top Ad