Governador Camilo Santana reduz 25% dos gastos para reinvestir no combate à seca - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Governador Camilo Santana reduz 25% dos gastos para reinvestir no combate à seca

Prioridade atual de sua gestão são ações emergenciais de combate à seca e à dengue (FOTO: Tribuna do Ceará/ Fernanda Moura)
Eleito em 2014 pelos cearenses como governador do Ceará, Camilo Santana assumiu o estado com muitas preocupações. Encarou o novo desafio com cautela e com uma atitude enérgica: cortar os gastos do governo. Em um balanço do primeiro ano de seu governo, ele comemora a redução de 25% dos gastos, o que gerou uma economia de R$ 80 a R$100 milhões, que foram investidos em outras áreas.As informações são do Tribuna do Ceará.
Entre os cortes estão incluídos gastos com carros, que somente os secretários possuem e juntamente com isso valor gasto com gasolina. Viagens passaram a ser feitas com voos de carreira, principalmente as interestaduais. As viagens internacionais e interestaduais foram suspensas até julho e depois só foram permitidas com autorização do governador.
Festas de fim de ano, tradicionalmente oferecidas a secretários, deputados e jornalistas também foi suspensa. Além disso, gastos com hora extra e telefones institucionais também foram reduzidos. Com essas medidas, o governo obteve uma economia de aproximadamente R$ 100 milhões, que forma investidos em outras áreas, como o combate a seca.
Somando as ações emergenciais e estruturantes o governo investiu R$ 250 milhões no combate à seca. “Tirando o serviço de saúde, segurança e educação, todas as outras secretarias tiveram que fazer cortes em custeio e tiveram que se adaptar à nova realidade”, afirma em entrevista ao Tribuna do Ceará. “Os ajustes de economia são avaliados a cada três meses para evitar qualquer prejuízo à população”, completa.
Camilo Santana enfatiza que em 2015 sua prioridade foi garantir que não faltasse água em nenhum município cearense. O trabalho incluiu construção de poços, adutoras – como a de Cedro, com investimento de R$ 6 milhões -, além das obras de transposição e cinturão das águas. A preocupação se estende à prevenção e ao combate ao mosquito Aedes Aegypti. 
Saúde

Questionado sobre a demora para o Hospital Regional do Sertão Central funcionar – o mesmo foi inaugurado há 1 ano -, ele explica que pretende abri-lo no início de 2016, quando tiver garantia do repasse de 50% da verba do governo federal. “Em 2006, dos R$ 280 milhões investidos em saúde pública, R$ 250 mil foram repassados pelo governo federal. Já em 2014, de R$ 1,5 bilhão, apenas R$ 400 milhões foram repassados. Eu questiono e cobro o governo para que isso mude”, exemplifica. Ele comemorou a erradicação do Sarampo no Ceará. 
Segurança

Ouvintes da Tribuna Band News FM cobraram do governador respostas sobre o massacre no Curió, que deixou 11 mortos. Ele ressaltou que há há uma preocupação em resolver o caso e que a Controladoria Geral de Disciplina continua investigando a autoria dos crimes. “Vamos pegar e punir quem cometeu aquele crime”, garantiu. Ao mesmo tempo, enfatizou que há 17 anos o Ceará não registrava um número de redução de homicídios tão significativo de um ano para o outro. “Em Fortaleza, reduziu-se 17% e no Ceará 10% no número de homicídios. Enquanto a meta nacional é de 5%, nós definimos para o Ceará 6%”, completou.
Ainda nesta área afirmou o compromisso em realizar audiências de custódia no prazo de 24 horas para evitar superlotação em presídios e delegacias. Definiu que a partir de março de 2016, todos os homicídios devem ser julgados em primeira instância no prazo de seis meses. O objetivo das ações é de reduzir a impunidade e punir os crimes com mais rigor. Também ressaltou o aumento no número de delegados e inspetores para trabalhar em 2016, além da implantação do policiamento ostensivo do Raio no interior e o Batalhão de Divisas.
Eu tenho um sonho de que as escolas  de ensino médio de Fortaleza funcionem em tempo integral, como ação de prevenção com os nossos jovens. (Camilo Santana)
Novidades para 2016
Entre as ações de combate à dengue, Camilo disse ter adquirido 10 mil rolos de tela para vedação, que serão doados à população, o que beneficiará 250 mil caixas d’águas, além do trabalho dos agentes de endemias nas casas dos cearenses, que contará com o apoio de oficiais do exército. “É preciso fazer isso porque não adiante você fiscalizar uma rua toda se uma casa ficar faltando, lá pode ser o foco. Eu estou 99% me esforçando, mas se tem 1% pra me prejudicar não adianta. Temos que combater com todas as forças”, alerta.
Uma das novidades de 2015, é o bilhete único metropolitano que vai valer a partir de dia 14 de janeiro. Ele também garantiu o esforço para trazer o HUB da Tam para o Ceará e que a partir de abril a nova empresa assumirá o Aeroporto Pinto Martins. Sobre a atual situação política da presidência do país, comentou: “Esse é um momento do Brasil se unir. O que está em jogo não é se a Dilma fica ou se a Dilma sai, é a nossa democracia”. Para o Ceará desejou um 2016 com chuva e muito otimismo por parte dos cearenses.

Nenhum comentário:

Post Top Ad