Cidades do Interior registram tremor de terra e granizo - Som da Terra FM - sdt

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

sábado, 26 de dezembro de 2015

Cidades do Interior registram tremor de terra e granizo

NAIRA BARROS/ESPECIAL PARA O POVO
Dois fenômenos naturais surpreenderam moradores de cidades do interior do Ceará na véspera e no dia de Natal. Um tremor de terra de magnitude estimada em 3.8 foi registrado, na manhã de ontem, em Irauçuba (a 198 km de Fortaleza). Já na tarde do dia anterior, moradores de Ubajara (a 329 km de Fortaleza) registraram uma chuva de granizo. 
 O tremor de terra foi sentido por moradores de Irauçuba e confirmado pelos sismógrafos de monitoramento do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Labsis-UFRN). Segundo o laboratório, o tremor aconteceu às 8h53min e foi registrado na estação de Pau dos Ferros (RN). Em outubro, O POVO noticiou que mais de 100 tremores foram registrados em pouco mais de um mês em Irauçuba.
A Defesa Municipal informou que o tremor de ontem foi forte e durou cerca de dez segundos. O fenômeno foi sentido em localidades como Passarinho, Coité, Juá e Boa Vista, além da cidade de Canindé. Uma moradora da localidade de Passarinho relatou ao Labsis que portas e janelas vibraram com o tremor, apontado com um dos mais fortes deste ano. Em 1991, eventos do tipo ocorreram ao longo de um ano e chegaram à intensidade de 4.4.

Granizo
A chuva de granizo — fenômeno meteorológico inusitado na região de Ubajara — teve início por volta das 16h30min do dia 24 e durou cerca de uma hora, conforme relatos de moradores ao O POVO Online. “A gente escutou uma zoada bem forte nas telhas e quando vimos era granizo. A família inteira se juntou pra ver”, contou Naira Barros de Menezes, 30, recepcionista do hospital municipal de Ubajara.

 Ela estava com a mãe organizando os detalhes da confraternização de Natal e correu para fazer fotos e vídeos. “A nossa cidade é seca, sofremos com a falta de água, então ver isso foi muito bom. Graças a Deus, que tá mandando água”, comemorou.
Segundo a Fundação Cearense Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), um sistema meteorológico conhecido como Vórtice Ciclônico de Altos Níveis ocasionou fortes chuvas na região da Serra da Ibiapaba. Imagens de satélite da Funceme registraram, às 17h15min, nuvens de grande desenvolvimento vertical na região de Ubajara, o que explica os registros de temporais e até chuva de granizo.

Com informações do O POVO

Nenhum comentário:

Post Top Ad