Casos de microcefalia em Fortaleza crescem 158% e puxam alta no Ceará - Som da Terra FM - sdt

últimas

Post Top Ad

Post Top Ad

sábado, 12 de dezembro de 2015

Casos de microcefalia em Fortaleza crescem 158% e puxam alta no Ceará

 80 casos notificados no Ceará (Foto: internet)
No intervalo de uma semana, duplicou o número de casos suspeitos de microcefalia relacionada ao vírus zika no Ceará, segundo dados atualizados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), divulgados ontem. Agora, são 80 casos notificados - um deles já confirmado. Na última semana, o número dos que estavam em investigação era 40.
Fortaleza tem a maior incidência, 31, e puxou o crescimento no Estado. Uma semana antes, o número dos que estavam em investigação na Capital era 12. A alta foi de 158%.
A quantidade de municípios cearenses em que há suspeita da doença cresceu 50%. Havia ocorrências em 20 municípios há uma semana. Ontem, chegou a 30. Depois de Fortaleza, o maior número de ocorrências suspeitas localiza-se em Barbalha e Maracanaú, com cinco em investigação em cada.
O único caso confirmado é, também, o do único óbito causado pela anomalia no Estado, no município de Tejuçuoca. Com a autopsia, foi possível confirmar a doença. Os demais são tratados como em investigação.
Segundo a Sesa, até o último dia 5 de dezembro, foram notificados 1.761 casos suspeitos de microcefalia relacionada ao vírus zika no País, em 14 estados. Entre esse total, 19 óbitos são suspeitos.
Nordeste
O Ministério confirmou a relação do surto de microcefalia no Nordeste com o zika vírus no último mês de novembro, após a morte do bebê cearense, de Tejuçuoca, que nasceu com a anomalia e outras malformações congênitas.
Amostras de sangue e tecidos do recém-nascido em exames realizados pelo Instituto Evandro Chagas, órgão do Ministério em Belém (PA), identificaram a presença do vírus.
Onde há casos
Em investigação
Fortaleza - 31
Barbalha - 5
Maracanaú - 5
Cruz - 3
Juazeiro do Norte - 3
Mucambo - 3
Aquiraz - 2
Banabuiú - 2
Caucaia - 2
Eusébio - 2
Itapajé - 2
Barreira - 1
Bela Cruz - 1
Canindé - 1
Capistrano - 1
Crato - 1
Horizonte - 1
Ipaumirim - 1
Ipu - 1
Itaitinga - 1
Jardim - 1
Jijoca de Jericoacoara - 1
Lavras da Mangabeira - 1
Mauriti - 1
Missão Velha - 1
Poranga - 1
Quixeré - 1
Santana do Acaraú - 1
São Gonçalo do Amarante - 1
Tejuçuoca - 1
Confirmado
Tejuçuoca - 1
Saiba mais
Com o crescimento do número de casos, o Ministério da Saúde lançou alerta para as grávidas e recomendou que, até que as questões sejam esclarecidas, as mulheres que desejam engravidar avaliem com cuidado os riscos.
Microcefalia é uma condição rara que faz com que o bebê nasça com o crânio de tamanho menor do que o normal. A anomalia é irreversível e está associada a retardamento do desenvolvimento.

Com informações do Jornal O POVO/Cinthia Freitas

Nenhum comentário:

Post Top Ad